Mais umas histórias simples

Paterson [2016] não tem a radicalidade da forma de The Straight Story [1999], nem, por muito que o queiramos ler nas entrelinhas de uma estória feita do underdog que se sente inconformado, o arrojo e rebeldia poética de Henry Fool [1997], mas o novo filme de Jarmusch partilha muitas das qualidades com aqueles filmes de Lynch e Hal Hartley. No despojo visual-narrativo, na carta esperançosa que se dirige à poesia enquanto salvação de uma classe operária que sonha um futuro.

Sem comentários:

Enviar um comentário