E as boas frases também

Era uma vez um homem a quem os bons filmes davam força para existir.

4 comentários:

  1. Olá, Diogo.
    Vê lá que te parecem estes títulos para os teus poemas:
    Primeiro - pregas do tempo
    Segundo - involução

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Susana.

      A mim não tem de parecer nada, repara. Os poemas são teus; eu sou mero espectador. :)

      Eliminar
    2. Assim sendo, os poemas acabam de ganhar título. :-)
      Uma boa semana para ti, amigo Diogo.

      Ah, e olha, acho que este blogue está a ficar muito encorpadinho, tão bonito de se ver.

      Eliminar
    3. Obrigado, 'miga, e que tenhas uma excelente semana. :)

      Também me está a agradar o rumo do blogue. Acho que percebi que ser heterogéneo não é nenhum mal. O cérebro não cai fora.

      Eliminar